Thiago Silva é banido do UFC após prisão

Em entrevista, Dana White afirmou que brasileiro Thiago Silva não voltará mais a lutar pelo UFC

Thiago Silva se envolveu em um lamentável incidente na manhã desta sexta no Sul da Flórida. O brasileiro que luta pela categoria meio-pesado do UFC, invadiu a academia do professor de jiu-jitsu de sua esposa motivado por ciúmes e, com uma arma, ameaçou os alunos em busca do faixa-preta.

Quer ficar sabendo de todas as notícias do MMA? Acesse o MMA Space agora!

Com a iminência da chegada da polícia, o lutador de 31 anos voltou para sua residência, onde foi detido após negociações com a polícia de elite americana, o SWAT.

Veja também:
Joe Rogan, comentarista oficial do UFC, lança alerta sobre retorno de Spider

Alistair Overeem foi o que mais faturou com o UFC 169.

Barão sobe duas posições no ranking peso por peso do UFC

Assista o melhor do MMA na hora que você quiser! Assine o EI Plus!

O atleta que já se envolveu em polêmicas no doping, adulteração de urina e utilização de maconha, foi preso sob a acusação de tentativa de lesão corporal grave e resistência a prisão.

Dana White, presidente do UFC, prometeu em entrevista ao TMZ  que a carreira de Thiago Silva está acabada se depender de sua organização.

“Esse cara nunca vai lutar no UFC novamente", disse o presidente do UFC