Libertadores: conheça o caminho do Corinthians

Timão ficou com caminho relativamente fácil para chegar ao mata-mata

O atual campeão da Libertadores tem tudo para fazer boa campanha novamente neste ano. O grupo corintiano está definido: San José, da Bolívia, Millonarios, da Colômbia e Tijuana, do México.

Veja também:
- Dirigente do Manchester City chega ao Brasil para tentar levar Neymar
- Villa pode ser o substituto de Pato no Milan
- CBF anuncia amistoso entre seleções de Brasil e Itália em março, na Suíça

O único time que o Corinthians já enfrentou, e que promete ser o confronto mais interessante do grupo, é o Millonarios.

Os colombianos têm vantagem na história sobre os paulistas: são duas vitórias e um empate. E vale lembrar que o Millonarios ganhou destaque neste ano após eliminar o Grêmio da Copa Sul-Americana, chegando até a fase de semifinais da competição.

Apesar da pouca relevância internacional, os outros adversários também podem trazer surpresas. O San José sedia suas partidas em Oruro, cidade boliviana com uma atitude próxima aos 3700 metros. Normalmente, clubes brasileiros que jogam em situações como esta passam por bastante dificuldade.

Os clubes mexicanos sempre vêm forte para a Libertadores. O Tijuana é um clube novo, fundado em 2007, mas conquistou a primeira divisão do Campeonato Mexicano na última temporada. Portanto, é um adversário que não pode ser menosprezado pelos corintianos.

Apesar das adversidades, o Corinthians é o grande favorito do grupo. Os torcedores devem esperar grande campanha para encaminhar o Timão para o mata-mata da competição.

E você, torcedor, o que achou do grupo do Timão? Comente!