Lewandowski mais distante do United, afirma diretor do Borussia Dortmund

Hans Watzke informou que não existe a menor possibilidade do atacante deixar o clube em janeiro

Caso Sir Alex Ferguson pretendesse contar com Lewandowski para o início de 2013, recebeu um balde de água fria do diretor executivo do Borussia Dortmund. Segundo ele, o atacante é fundamental para as ambições da equipe no restante da temporada e não será vendido em janeiro 'por nenhum valor do mundo'. 

VEJA MAIS

- Balotelli e Mancini trocam agressões em treino do Manchester City

- Lucas estreia e joga 45 minutos em goleada do PSG no Catar; veja lances

- Lewis Holtby perto de ser contratado pelo Totthenham

Com apenas 24 anos, o jogador tem contrato até junho de 2014 e vem tendo seu nome constantemente ligado ao Manchester United, que estaria disposto a pagar um valor aproximado de 12 milhões de libras. Uma negociação na próxima janela de transferências é dada como certa, já que o clube alemão não quer correr o risco de perdê-lo sem receber nada.

Os aurinegros vem mostrando um futebol de alto nível e são apontados como um dos favoritos para a conquista da Liga dos Campeões, muito por conta dos gols do polonês. Contratado em 2010, junto ao Lech Poznan da Polônia, o artilheiro marcou 53 vezes em 115 partidas, sendo fundamental nas conquistas do Campeonato Alemão e da Copa da Alemanha de 2012.

Enquanto não conta com o polonês, os Diabos Vermelhos chamaram de volta o jovem atacante Gyliano van Belzen, de apenas 18 anos. Ele estava emprestado ao belga Royal Antwerp, e ficaria lá até a metade do ano. Porém, seu ótimo desempenho fez com que Ferguson pedisse seu retorno antes do prazo.