Em partida contra o Grêmio, Fred pode chegar ao gol 100 pelo Fluminense

Vitória no jogo desta quarta deixa o Tricolor ainda mais perto do título

No dia 19 de julho deste ano, o atacante Fred tornou-se o maior artilheiro do Fluminense em Campeonatos Brasileiros, ultrapassando Magno Alves, que defendeu o clube de 1998 a 2002. Na ocasião, vitória do Tricolor por 4 x 0 sobre o Bahia, o artilheiro chegou à marca de 44 gols marcados na competição.

Nesta quarta-feira, contra o terceiro colocado Grêmio, o camisa 9 pode alcançar outro feito histórico. Após 146 jogos disputados, o ídolo das Laranjeiras terá a chance de chegar aos 100 gols vestindo o uniforme tricolor.

Para tanto, Fred terá que superar um pequeno jejum já que está a dois jogos – ou 198 minutos – sem balançar as redes adversárias. A seca de seu homem-gol, porém, não vem afetando o Flu, que saiu vitorioso dos dois confrontos em que o atacante passou em branco.

Com ou sem gol de Fred, o jogo de logo mais pode constituir-se como um passo importantíssimo do Tricolor no caminho do título. Caso a equipe carioca saia vitoriosa e o Galo, que pega o Santos, fora de casa, perca, a distância entre os dois clubes subirá para 12 pontos, a sete rodadas do encerramento do torneio.

Abaixo, relembre os últimos dez gols de Fred na busca pelo tento centenário:

Ponte Preta 1 a 2 Fluminense (11ª Rodada – 22/07)

Após sofrer o empate aos 38 do 2º tempo, o Fluminense buscou a vitória no minuto final. Wellington Nem invadiu a área e foi derrubado por Gustavo Lazaretti. Na cobrança do pênalti, Fred bateu no alto e garantiu os três pontos para o Tricolor.

Coritiba 0 a 2 Fluminense (14ª Rodada – 05/08)

Em jogo duro, o Fluminense só conseguiu abrir o placar em gol contra de Pereira, aos 37 minutos da etapa final. Pouco depois, o camisa 9 recebeu de Vagner e, com o gol aberto, cumprimentou para o fundo das redes.

Fluminense 2 a 1 São Paulo (15ª Rodada – 09/08)

No duelo de tricolores, realizado em São Januário, Fred resolveu o jogo para os cariocas. O primeiro tempo terminou empatado, com gols de Leandro Euzébio e Cícero. No princípio da etapa complementar, o artilheiro acertou linda cabeçada, encobrindo Rogério Ceni.

Cruzeiro 1 a 1 Fluminense (17ª Rodada – 15/08)

Wellington Paulista abriu o marcador em jogada surgida de cobrança de lateral, aos três minutos. No final do primeiro tempo, Fred, quase em cima da linha, completou toque de cabeça de Gum. O camisa 9 não comemorou o gol sobre seu ex-clube.

Fluminense 1 a 1 Corinthians (20ª Rodada – 29/08)

Aproveitando vacilo de Vagner na intermediária, o Timão fez 1 a 0 em chute cruzado de Emerson. Desafeto declarado do Sheik, Fred dividiu com Cássio e deixou tudo igual nos minutos finais de partida.

Internacional 0 a 1 Fluminense (23ª Rodada – 09/09)

O Tricolor contou com o desfalque de Leandro Damião, Guiñazú e D’Alessandro para bater o Colorado, no Beira-Rio. O gol único surgiu após linda arrancada de Wellington Nem, que serviu Fred. Na cara do gol, o matador não perdoou.

Fluminense 2 a 1 Náutico (26ª Rodada – 22/09)

Em falha clamorosa do goleiro Gideão, Leandro Euzébio abriu o placar, aos 41 do 1º tempo. Dois minutos depois, o camisa 9 aproveitou mau alívio de Alemão para deixar o dele. No final, Kim descontou.

Flamengo 0 a 1 Fluminense (27ª Rodada – 30/09)

No ano do centenário do Fla-Flu, Fred já havia decidido o clássico do primeiro turno. Nesta partida, o atacante acertou belíssimo voleio em escanteio cobrado por Deco e anotou o gol da vitória do Tricolor.

Fluminense 1 a 0 Botafogo (28ª Rodada – 06/10)

Pelo terceiro jogo consecutivo, o artilheiro foi fundamental para a vitória do Fluminense. Em lance muito parecido com o do jogo contra o Inter, Fred recebeu de Wellington Nem e tocou na saída de Jefferson.

Fluminense 2 a 1 Ponte Preta (30ª Rodada – 14/10)

Após golaço de Luan no primeiro minuto, o Tricolor pressionou a Ponte durante quase 75 minutos. A 13 minutos do fim, em marcação polêmica do árbitro, o Flu teve pênalti a seu favor. Fred bateu no meio do gol para empatar. Pouco depois, Gum, de cabeça, conseguiu a virada.