Corinthians e Milan entram em um acordo e Pato deve ser anunciado em breve

Segundo a Gazzetta dello Sport, clube alvinegro chegou a um acordo com o Milan e deve desembolsar cerca de 15 milhões de euros

O martelo foi batido. Enquanto a novela Robinho está longe de terminar, o Corinthians mostra cada vez mais que não está para brincadeiras e disse 'sim' por Alexandre Pato ao dirigente milanista Adriano Galliani. Segundo a Gazzetta dello Sport, no terceiro dia de férias do todo poderoso diretor do Milan no Brasil, o atual campeão do Mundial de Clubes da Fifa chegou a um acordo e aceitou pagar 15 milhões de euros pelo atacante brasileiro.

VEJA TAMBÉM:

- Villa pode ser o substituto de Pato no Milan

- Allegri cobra reforços, mas não quer Balotelli

- Ricky Alvarez pode deixar a Inter em janeiro

O diário não informou se os 15 milhões serão para pagar 100% dos direitos econômicos do jogador. Segundo o Esporte Interativo apurou, o Corinthians estava disposto a pagar esta quantia por apenas metade dos direitos do centroavante. Quando o clube de Milão contratou Pato no verão de 2007, o atacante tinha 17 anos, havia se consagrado campeão Mundial de Clubes pelo Internacional e se consolidava como uma das maiores revelações da sua geração.

Após a informação divulgada pela Gazzetta dello Sport, o diretor-adjunto de futebol do Corinthians, Duílio Alves, concedeu uma entrevista a ESPN Brasil e deu a entender que a negociação está praticamente fechada.

- A conversa com o Galliani foi muito boa. Sabemos que é um negócio complicado, mas o primeiro passo foi muito bom. Voltaremos a conversar dia 3 de janeiro, disse. Existe a intenção de compra, mas ainda estamos negociando os valores. Nosso interesse é na compra e esperamos definir após o dia 3, completou.

Atualmente, o Corinthians já fechou com o meia Renato Augusto para a próxima temporada. Alexandre Pato seria a grande estrela da companhia e, por conta das suas sucessivas lesões, terá a nova chance de provar que o seu futebol não desapareceu.