Dirigente do Cruzeiro rebate provocação de Kalil: 'Não comemoramos Mineiro'

Gerente de Futebol, Valdir Barbosa diz que Raposa 'só comemora títulos importantes'

O título do Campeonato Mineiro fez com que o presidente do Atlético-MG fizesse algumas de suas já famosas declarações polêmicas. O dirigente voltou a falar que "o Cruzeiro vai apanhar por dez anos" e que "bater no Cruzeiro é bom, mas está perdendo a graça", mas o gerente de futebol da Raposa, Valdir Barbosa, disse que as provocações de Kalil não incomodam e aproveitou para alfinetar o presidente do rival.

Veja também:
- Despedida de Beckham tem choro do craque e golaço de Ibrahimovic
- Diretor de futebol não descarta Adriano no Internacional
- Cariocas se preparam para enfrentar o mercado nos próximos meses

"Não incomoda de forma nenhuma. A provocação, quando tem embasamento, aí sim ela incomoda. Quando não tem título há quase 50 anos, o que podem dizer?", comentou Valdir.

O gerente não perdeu a oportunidade de devolver as provocações.

"Estou no Cruzeiro há 17 anos e nunca, por parte da diretoria, fomos comemorar título Mineiro em via pública. A gente faz festa para o que importa, título de Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil. Quando tem muita importância, tem espaço para comemorar. O Mineiro é coisa comum para nós", afirmou.

Valdir Barbosa ainda comentou sobre a qualidade que o elenco celeste tem apresentado e se mostrou confiante na busca pelos títulos da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

"Terminamos o Mineiro com duas vitórias sobre eles (Atlético-MG). E decisão é emoção. O elenco, pelo que apresentou ontem, tem total condições de chegar bem e conquistar a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro", observou.