Torcida gay do Corinthians cria seu próprio logo

Símbolo da torcida contará com bandeira arco-íris, pincéis de maquiagem e uma gaivota em cima do escudo

O criador da primeira torcida gay do Corinthians deu o toque final para finalização do projeto. O apresentador Felipeh Campos já criou o logo da Gaivotas Fiéis. O símbolo do Corinthians, em vez de estar com a bandeira de São Paulo, passa a ter uma bandeira arco-íris. Os remos, que ficavam por trás do escudo, foram trocados por pincéis de maquiagem. Para completar, o gavião, símbolo da maior organizada do clube, foi substituído por uma gaivota.

Veja também:
UFC 166 foi considerado o maior da história. Entenda!
Cristiano Ronaldo realiza tratamento a -100ºC
Walter, o melhor atacante do país, merece respeito

"Perceba que em cima da logo do time tem uma gaivota simbolizando a proteção do time e trazendo a paz. Os pincéis representam a beleza e a transformação dessa 'coisa' horrenda que vemos nos estádios (agressão e quebra quebra) trazendo a possibilidade de ficar mais belo, afinal tudo se corrige com uma boa maquiagem. E por final a bandeira do arco-íris trazendo a comunidade gay mais pra perto do clube e do time", disse o apresentador, em entrevista ao UOL Esporte.

O apresentador, também, falou sobre a questão homofóbica que gira em torno da criação da torcida.

"Infelizmente alguns integrantes que se dizem corintianos denigrem a imagem do time e da torcida. Meu papel não é ser "catequista" de marmanjo, mas de alguma forma tentar que observem a negatividade que eles criam. No meu Facebook, têm alguns comentários ofensivos e outros em tom de ameaça, é somente homofobia. Onde está escrito que gays não podem ir ao estádio? Fico bem triste e irritado quando vejo que somos obrigados a pagar através de impostos a destruição que eles torcedores ocasionam. Quero que minha torcida leve alegria, beleza e paz aos estádios, nada mais", completou Felipeh ao portal.