Santos teve prejuízo de R$ 167,1 milhões na venda de Neymar

O craque Neymar poderia ter sido negociado por valores bem superiores aos R$ 92,9 milhões disponibilizados pelo Barcelona

Vendido ao Barcelona na noite deste sábado, pelo valor de R$ 92,9 milhões, Neymar Júnior, ex-atacante do Santos, poderia ter tido diversos outros destinos. Ao longo de sua curta carreira profissional na Vila Belmiro, o craque brasileiro foi especulado por grandes clubes europeus, como Chelsea, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain, antes de ser de fato disputado centavo a centavo entre Real Madrid e Barcelona. Se a diretoria santista tivesse optado por vender o jogador antes, poderia ter recebido valores superiores a R$ 260 milhões.

Veja mais:
- Barcelona dá boas-vindas a craque Neymar
- A era Neymar: cinco anos de show da Jóia da Vila
- Neymar anuncia que é o novo reforço do Barcelona

Vale lembrar que o Santos recebe apenas 55% por cento desse valor. Ou seja, cerca de R$ 51 milhões. O restante pertence aos grupos empresariais DIS e Teisa.

Há dois anos, quando Neymar ainda estava longe de atingir o status atual, os Blues já estavam dispostos a pagar cerca de R$ 60 milhões pelo passe do então promissor atacante santista, segundo especulações do The Sun. Em fevereiro de 2013, a diretoria do Chelsea voltou a declarar interesse no craque brasileiro, mas valores não foram divulgados.

O Bayern de Munique, após confirmar Pep Guardiola como seu novo treinador, teria estado disposto a pagar R$ 258 milhões pelo jogador, no começo de 2013. O PSG, após enriquecer seus cofres, no final de 2012, também teria entrado na briga pela então joia santista, mas as especulações não divulgaram valores envolvendo uma possível negociação entre os franceses e o brasileiro.

Por fim, Real Madrid e Barcelona, que disputaram o craque minuto a minuto, em uma das maiores novelas do futebol mundial, chegaram a estar dispostos a abrir seus cofres na casa dos R$ 260 milhões. Entretanto, nesta sexta, o agora ex-santista foi negociado por “singelos” R$ 92,9 milhões, R$ 167,1 milhões a menos dos valores mais altos que já haviam sido especulados pelo passe de Neymar.

O “baixo” valor é justificado pelo fato de o Santos estar precisando “se livrar” do craque o mais rápido possível, pois no início de 2014 o clube da Vila Belmiro não teria direito a mais nenhum centavo pelo passe do jogador, devido ao término do contrato.

Assim, ficando no prejuízo de R$ 167,1 milhões, os seis títulos conquistados por Neymar – Paulista (3), Copa do Brasil, Libertadores e Recopa –, mais as centenas de jogos e gols marcados pelo craque, custaram caro ao Santos.

Em seus 229 jogos com a camisa do Peixe, Neymar marcou 138 gols – média de 0,6 gol por partida . Dividindo os R$ 167,1 milhões que o Santos perdeu ao longo das especulações pelo atacante pelo número de gols marcados, chega-se a um valor de R$ 1,2 milhão para cada gol do craque.
 
Em termos de títulos, os valores são mais relevantes. Cada um dos seis títulos que Neymar conquistou na Vila Belmiro, corresponde a cerca de R$ 27,8 milhões. Ou seja, cada taça que o ex-santista levantou pelo Peixe, teria custado um valor médio de R$ 27,8 milhões à diretoria alvinegra.

Afinal de contas, valeu a pena segurar a jovem promessa santista?