Oitavas terá Corinthians x Boca e Palmeiras x Tijuana

Os jogos da sexta e última rodada dos Grupo 2 e 8, nesta quinta-feira, definiram os confrontos das oitavas de final da Copa Libertadores. Um deles, entre Atlético Mineiro (com a melhor campanha no geral) e São Paulo (com o pior desempenho entre os 16 classificados), tinha sido definido no dia anterior, mas os outros sete dependiam das quatro partidas realizadas neste último dia de duelos pela fase de grupos da competição continental.

Atual campeão, o Corinthians terá de enfrentar um rival argentino, o Boca Juniors, em uma reedição da final do ano passado. Por ter melhor campanha - foi o líder do Grupo 5, com 13 pontos -, o time paulista jogará a partida de ida no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, e definirá a classificação no Pacaembu, em São Paulo, como foi em 2012. Quem avançar às quartas, enfrentará quem passar do duelo argentino entre Vélez Sarsfield e Newell´s Old Boys.

Já o Palmeiras, que garantiu a primeira colocação do Grupo 8 no sufoco, teve a pior campanha entre os primeiros colocados e enfrentará agora o Tijuana, que ficou empatado com o Corinthians, mas terminou a chave como vice-líder. O primeiro jogo será no México, no gramado sintético do estádio Caliente, e o segundo acontecerá no Pacaembu. Nas quartas, o vencedor terá pela frente quem avançar de Atlético e São Paulo.

No outro lado da chave das oitavas de final estão Fluminense e Grêmio. O time carioca, líder do Grupo 8, jogará com a vantagem do segundo jogo em casa contra o Emelec, do Equador. O classificado deste confronto terá, na fase seguinte, quem passar de Olimpia, do Paraguai, e Tigre, da Argentina.

Por fim, o Grêmio buscará a vaga nas quartas contra o Independiente Santa Fé, da Colômbia. O primeiro duelo será na Arena Grêmio, em Porto Alegre, e a volta será no estádio El Campín, em Bogotá. Quem se classificar jogará contra o vencedor do confronto entre Nacional, do Uruguai, e o surpreendente Real Garcilaso, clube do Peru com apenas três anos de existência.