Thiago Silva é preso após ameaçar pessoas em academia na Flórida

A confusão começou por causa de uma discussão entre Thiago e sua mulher

Thiago Silva, meio-pesado brasileiro 12º colocado no raking do UFC em sua categoria, foi preso na noite desta sexta-feira (por volta das 23h15m, horário local), na Flórida, Estados Unidos. O motivo teria sido uma série de ameaças feitas pelo lutador a membros da academia Pablo Popovich MMA; depois da confusão, a SWAT chegou ao local e perseguiu Thiago até sua casa, onde foi preso.

Veja também:
Muricy pede apoio para Pato se sentir bem vindo ao São Paulo
CBF divulga tabela do Brasileirão com Fluminense
Bizarrices na Olimpíada de Inverno

Segundo testemunhas, a confusão iniciou após discussão entre o lutador e sua mulher, Thaysa Silva, também lutadora, que é treinada por Pablo Popovich, dono da academia e suposto motivo do bate-boca. Thiago Silva teria chegado ao local, armado, por volta das 19h45m.

Em seu site, o UFC comunicou: “Esta noite tomamos ciência de uma situação envolvendo Thiago Silva. Estamos colhendo os fatos e não temos mais comentários neste momento”.