Junior Cigano minimiza rivalidade do Cain Velasquez: “é uma revanche para ele”

Confiante como sempre, Junior dos Santos garante não sentir o peso de mais uma vez enfrentar Cain Velasquez em duelo valendo o título dos pesos pesados do Ultimate (categoria até 120Kg). Feliz por agora estar atuando como campeão da divisão, e não como desafiante, Cigano reafirmou estar bem preparado para o que ele considera “apenas” mais um combate importante, marcado para o UFC 155, neste sábado do dia 29 de dezembro.

“Eu acho que é uma revanche para Velasquez, não para mim. Eu sempre olho minha próxima luta como a mais difícil de todas. Quero dar o meu melhor e manter o meu título. Minha vida melhorou desde que eu me tornei o campeão, é muito melhor chegar para lutar assim do que como o desafiante. É muito bom segurar o cinturão, hoje eu dou o melhor para a minha família e todos a minha volta estão felizes”, disse Cigano, em entrevista coletiva para promoção do UFC 155 realizada nesta quinta-feira (27).

Garantindo estar bem preparado, Junior elogiou a técnica do rival. “Eu fiz o melhor período de treinamento da minha vida. Eu sei que ele tem habilidade no wrestling e vai vir para tentar me derrubar. Treinei muita defesa de queda e estou pronto para o caso de a luta ir para o chão, mas o meu plano é nocautear de novo. Acho que vai durar mais do que na primeira vez”, disse o catarinense radicado na Bahia, que no UFC on Fox 1, em novembro de 2011, nocauteou o norte-americano de raízes mexicanas em apenas 63 segundos.