Jogadores do Galo são pegos de surpresas com veto de Fernandinho

O atacante foi contratado antes do fim da janela internacional de transferências, mas seu registro só foi feito dois dias aós o estipulado pela Fifa

O veto da Fifa ao atacante Fernandinho surpreendeu os jogadores do Atlético-MG, que contavam com o jogador no Mundial de Clubes. O atleta foi contratado pelo Galo antes do fechamento da janela internacional de transferências, mas o seu registro só foi feito dois dias depois do prazo estipulado pela entidade máxima do futebol.

Veja também:
Sem dores, Ronaldinho Gaúcho se diz feliz com recuperação
Dátolo elogia Atlético-MG: 'Nem na Europa vi um lugar assim'
Diretor do Galo garante Ronaldinho no Mundial

A diretoria alvinegra contava com a presença do jogador, mas a CBF já comunicou o Atlético-MG sobre a decisão da Fifa - o veto. O departamento jurídico do Galo segue trabalhando para tentar reverter à decisão, mas a ausência de Fernandinho já é comentada pelos atletas do time mineiro. O meia-atacante Guilherme lamentou a situação e afirma que o time perde em qualidade.

"A esperança é que a informação nunca chegue e que ele possa atuar. Seria uma situação chata, até pelo nosso sentimento em relação a ele, porque é uma competição única, todos querem disputar. Perdemos com a ausência dele, que dá qualidade à equipe. Mas temos que nos preparar de outra forma, caso a ausência se confirme", declarou.

Sem Fernandinho, Luan passa a ser cotado para assumir a posição, situação que surpreendeu o atleta do Galo. "Não sei de nada, mas espero que o time seja bem montado pelo Cuca. Estou treinando em busca do meu espaço. Estamos focados na reta final do Brasileiro para chegarmos inteiros no Mundial. Quanto a essa noticia não sei, mas espero que dê tudo certo para nós, para irmos completos para o Mundial", comentou Luan.