Fifa criará 12 mil vagas no setor de alimentação na Copa

Entidade anunciou nesta quinta-feira que criará 12 mil vagas temporárias para trabalhadores brasileiros na área de alimentação durante a Copa do Mundo

A Fifa anunciou nesta quinta-feira que criará 12 mil vagas temporárias para trabalhadores brasileiros na área de alimentação durante a Copa do Mundo deste ano, que acontecerá no País. Os funcionários que forem selecionados trabalharão nos bares e lanchonetes dos 12 estádios que sediarão a competição.

Veja também:
Presidente do Sindicato afirma que greve está articulada
Mano Menezes diz ser contra greve de jogadores: 'Atitude extrema'
Parte das câmeras falha, e Timão busca explicação com Polícia Científica

De acordo com o comunicado oficial divulgado no site da entidade, os interessados podem começar a se candidatar já nesta quinta, com prazo máximo até o dia 31 março. As vagas estão abertas nas áreas de supervisão e coordenação, caixas e vendedores. Ao final do Mundial, os candidatos contratados receberão um certificado de participação comprovando a experiência de trabalho.

“Juntamente com o programa de voluntariado, será uma das maiores iniciativas de recrutamento da Copa do Mundo”, destacou o diretor da CSM Catering, empresa responsável pelo processo, Mauro Correa. “Estamos felizes por proporcionar a tantos brasileiros a oportunidade de vivenciar esse evento incrível.”

Após a inscrição, o processo de seleção será realizado em março e abril. Os interessados precisam ter mais de 18 anos, e para concorrer a uma vaga basta se inscrever pelo site www.querovestiracamisa.com.