Cristiano Ronaldo não renovará com o Real Madrid, garante jornal espanhol

Cristiano Ronaldo não irá aceitar a proposta de renovação de contrato que será apresentada pelo Real Madrid ao término da temporada atual. O atacante português, segundo o diário "AS", já decidiu que deixará o clube espanhol em 2015, quando termina o seu vínculo.

O motivo para a decisão é emocional. Cristiano Ronaldo está insatisfeito no Real Madrid e não se sente mais feliz no clube merengue. Mesmo que a diretoria lhe apresente um substancial aumento para que fique, o português não irá aceitá-lo.

A proposta do Real Madrid é uma ampliação do contrato até 2018, com salários anuais de de 15 milhões de euros (R$ 40,8 milhões). Todavia a renovação se choca na postura inflexível do jogador. Sendo assim, há duas saídas para a situação. O clube pode seguir mantendo o jogador até o fim do vínculo, ou então aceitar uma proposta de outra equipe para negociá-lo.

A multa rescisória de Cristiano Ronaldo é de um bilhão de euros (R$ 2,7 bilhões). Mas é pouco provável que qualquer clube do mundo possa investir este valor, logo os espanhóis deverão aceitar uma quantia menor.

O diário inglês "The Sun" publicou nos últimos dias que Cristiano Ronaldo vem entrando em contato constante com seus ex-companheiros de Manchester United, e teria até demonstrado interesse em voltar ao seu ex-clube.

No entanto, outro clube parece com mais vontade e também capital para tirá-lo do Real Madrid. Trata-se do Paris Saint-Germain. O clube comandado pelo fundo de investimentos Qatar Sports Investment tem como proposta levar não só o atacante português, mas também o técnico José Mourinho para Paris.