Com atuação desastrosa de sua defesa, Botafogo empata com o Boavista

Time começa perdendo por 2 a 0, mas consegue reagir e empatar com o time da Região dos Lagos

Com uma atuação desastrosa de sua defesa, o Botafogo recebeu o Boavista, na tarde deste domingo, no Engenhão, saiu perdendo por 2 a 0, mas conseguiu empatar em 2 a 2, com o time da Região dos Lagos. Com o empate, o Alvinegro ficou com 15 pontos e garantiu a primeira colocação no Grupo A da taça Guanabara, garantindo vaga na semifinal. Os gols foram marcados por Gilcimar duas para o Boavista. Lucas e Lodeiro fizeram para os donos da casa.

Veja também:
- Em amistoso, Túlio marca três e fica a dois gols do milésimo
- Para garantir vaga, grandes do Rio fazem mudanças no time titular
- Fellype Gabriel não descarta seguir atuando como volante no Botafogo

O time volta a campo domingo, às 16h, contra o Flamengo, na semifinal do primeiro turno do Campeonato Estadual. Com melhor campanha, os rubro negros jogam pelo empate para chegarem à final.

Primeiro Tempo: Falhas da defesa e empate no fim

Com Rafael Marques pela primeira vez escalado no ano, o Botafogo começou a partida tocando bem a bola, principalmente, com os seus meias Andrezinho, Seedorf e Lodeiro. Apesar disso, não criou nenhuma chance clara de gol. Mas logo a pouca torcida alvinegra que compareceu ao Engenhão sofreu a primeira decepção da tarde. Aos 11 minutos, após um escanteio, a zaga falhou, Gilcimar apareceu e, de cabeça, fez 1 a 0.

Sem tempo para se recompor do primeiro gol, o Botafogo sofreu o segundo. Novamente falha geral na defesa alvinegra e Gilcimar, aos 13, apareceu para empurrar a bola para a rede: 2 a 0. O sistema defensivo, que, teoricamente estaria mais fortalecido com o retorno do volante Gabriel, continuou falhando feio. Se não fosse o goleiro Jefferson, o Boavista teria marcado pelo menos mais um gol antes dos vinte minutos.

Antônio Carlos, que falhou nos gols do Boavista, saiu com uma lesão muscular na coxa esquerda, aos 21, para a entrada de Dória. Até este momento, Rafael Marques não havia aparecido para o jogo. Mas o Botafogo, apesar de falhar na defesa constantemente, começou a se trabalhar melhor a bola e se reorganizar em campo.

Aos 30, Rafael Marques apareceu em uma boa trama do ataque e tocou de peito para Lodeiro. A bola sobrou para Lucas, que de longe acertou um belo chute e descontou: 2 a 1. O Botafogo continuou pressionando e, aos 34, Lucas recebeu passe na área de Rafael Marques, o lateral cruzou e Lodeiro escorou de canhota para empatar. O Boavista ainda teve mais uma chance, em outra falalha da defesa do Botafogo, mas Jefferson fez milagre e evitou o gol.

Segundo Tempo

Os time voltaram para a segundo tempo atuando da mesma forma com que terminaram o primeiro tempo. O Botafogo começou tocando mais a bola. Já o Boavista, continuava insistindo nas jogadas de contra-ataques. No lado alvinegro, Lodeiro aterrorizava a defesa adversária. Seedorf, com seus bons passes, organizava o time no meio-campo.

Se por um lado, o time tentava se organizar na frente, atrás, a defesa continuava falhando. Aos 16, em escanteio cobrado pelo lado direito, a zaga falhou mais uma vez e Douglas Pedroso cabeceou no travessão. Mais confiante, o time da Região dos Lagos começou a crescer na partida e levar perigo constantemente ao gol de Jefferson.

Oswaldo de Oliveira tirou Rafael Marques e colocou Bruno Mendes. A torcida se dividiu entre vais e aplausos para o jogador e também para o treinador. Em seguida, Vitinho também foi para o jogo, no lugar de Fellype Gabriel. Aos 38 minutos, Bruno perdeu um gol na frente de Vinícius. No fim, ambas as equipes tiveram chances de fazer o terceiro gol, mas seus atacantes não foram felizes e o o jogo ficou no empate.

Ficha Técnica

Botafogo 2 x 2 Boavista

Estádio: Engenhão (RJ)

Data/hora: 23/2/2013 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Marcos Sivolella do Nascimento

Gols: Gilcimar 11'/1ºT (0 a1), Gilcimar 13'/1ºT (0 a 2); Lucas, 30'/1ºT(1 a 2), Lodeiro, 34'/1ºT(2 a 2)

Cartões amarelos: Jorge Felipe, Leandro Chaves, Vinícius (BOA), Gabriel, Vitinho(BOT)

Botafogo: Jefferson, Lucas, Bolívar, Antônio Carlos(Dória, 16'/1ºT) e Márcio Azevedo; Gabriel, Fellype Gabriel (Vitinho, 33'/2ºT), Lodeiro, Seedorf e Andrezinho; Rafael Marques (Bruno Mendes, 26'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Boavista: Vinicius, Leonardo, Gustavo, Jorge Felipe e Carlos Alberto (Julio Cesar, 23'/2ºT); Douglas Pedroso (Túlio Souza, 43'/2ºT), Thiaguinho, Tony e Leandro Chaves (Max, 37'/2ºT); Erick Flores e Gilcimar. Técnico: Lucho Nizzo.

Renada: 83580. 3216