TV Esporte Blog

Andrés diz ter feito proposta de mais de R$ 120 mi por Neymar: “ele foi homem e disse que não podia”

Andrés: "[ofereci] mais de R$ 120 milhões. Eles que não quiseram vir"Convidado do programa "Arena SporTV", o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou ter tentado a contratação do craque do Santos, Neymar, em 2010. O dirigente, que deixou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) no fim do ano passado, confirmou até o valor da proposta milionária feita ao atacante, que a recusou, segundo Andrés.

"Em 2010, ofereci para o Neymar garantia bancária e tudo. Pode perguntar para ele, que não quis vir. Falei: 'quanto você vai ganhar no Real Madrid e no Barcelona eu não sei, mas é 20% a 30% que você vai ganhar lá'. [Ofereci] mais de R$ 120 milhões. A multa acho que era de R$ 108 milhões, R$ 109 mi. Eles que não quiseram vir. O Neymar foi homem e falou: 'Andrés, não posso fazer isso'."

Com a experiência de ter participado da contratação de Ronaldo Fenômeno em sua gestão, Andrés afirmou ser a favor da contratação de um grande craque para o time. Diante disso, considerou a aposta no atacante Alexandre Pato um acerto da atual administração alvinegra. "O Corinthians, pela estrutura que tem, pelo time que formou e pela grandeza que está ficando, tem que ter uma grande estrela no time de futebol. O Pato foi uma oportunidade. Dizem que foi muito caro, mas eu acho que foi barato, até pela idade que ele tem [23 anos]", argumentou o ex-mandatário corintiano, que também falou sobre a sua saída da CBF.

"Eu saí porque eles falaram com o Felipão sem me consultar. Não sou Rainha da Inglaterra. Eles falaram com ele antes de demitirem o Mano Menezes. Soube disso depois da demissão, mas antes mesmo já tinha fofoquinha de que Mano seria demitido. Respeito a hierarquia, o presidente tomou a decisão e eu iria aceitar, mas não posso admitir eles conversarem com o futuro técnico da seleção e eu, diretor de seleções, não participar", justificou Andrés.