Blog da Redação

Filho de Prost: ‘Meu pai chorou muito com a morte de Senna’

Nicolas Prost, filho do ex-piloto Alain Prost, colocou uma pedra na rivalidade entre seu pai e Ayrton Senna. Grandes rivais dentro das pistas na década de 1980 na Formula 1, os dois foram muitas vezes considerados, inclusives, inimigos pessoais. Mas em entrevista ao jornal Diário de São Paulo a rivalidade fora das pistas foi totalmente negada. Prost, inclusive, sentiu muito a morte de Senna.

Senna e Prost protagonizaram momentos épicos na F1 (Getty Images)

"Ele chorou muito, por bastante tempo. Quando meu pai parou de correr, acho que eles voltaram a ser amigos. Isso porque havia uma rivalidade esportiva, nada além disso.Ele fala bastante do Senna pra mim, tem respeito por ele", afirmou Nicolas. "Não gostava quando o Senna vencia, mas assim é o esporte. Você pode ter um grande rival durante a disputa e, no final, tornar-se amigo dele. Quando meu pai parou, eles voltaram a se dar bem. Acho que o Senna não demoraria tanto para se aposentar também, e, com certeza, eles continuariam se dando bem".

Por fim, ele pediu respeito ao seu pai e disse não gostar quando as pessoas enxergam além daquilo que realmente acontece: "Eles eram rivais nas pistas e só", finalizou ele.