Blog #oNordesteMerece

Sindicato dos Atletas do Ceará participa de estudo para que a Fifa mude horário dos jogos da Copa

Está na tabela. A Copa do Mundo de 2014 terá jogos às 13 horas em cidades como Natal, Salvador e Fortaleza, além de partidas marcadas para às 15 horas em lugares como Manaus. Absurdos que o Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Ceará (Safece) quer ajudar a evitar.

A entidade, junto com o Sindicato dos Atletas de São Paulo (Sapesp), está promovendo partidas simulatórias justamente nos horários questionados para chegar a um laudo científico que comprove o quão prejudicial é para os jogadores entrar em campo sob forte calor.

O "Projeto para Avaliação do Impacto Fisiológico da Sobrecarga Térmica em Jogadores de Futebol Profissional" é feito em parceria com o Instituto de Fisiologia do Exercício (IFE) e liderado pelo fisiologista Turíbio Leite de Barros.

Os jogadores terão a temperatura medida e todas as reações do corpo monitoradas durante os jogos. A ideia é elaborar um relatório que faça com que a Fifa altere os horários.

"Vamos pressionar com base científica. E vamos mandar uma cópia para os sindicatos da Espanha, Itália, Argentina, Alemanha...", explica Marcos Gaúcho, presidente do Safece, primeiro órgão a se posicionar logo que a tabela foi divulgada. "Mandamos uma carta no dia seguinte", lembra.

Caso não consiga alterar os horários, o estudo pretende pelo menos que a Fifa determine paradas técnicas para a hidratação dos atletas.

Os jogos do projeto serão realizados em Manaus, Fortaleza, São Paulo e Brasília.